STF avalia amanhã a possibilidade de atuar apenas como Poder Judiciário

2353

O Supremo Tribunal Federal se reunirá nessa quarta-feira para avaliar a possibilidade de deixar de atuar como poder legislativo, executivo e polícia.

O pedido veio após os ministros receberem avisos de que, para tal, dependeriam do voto do povo e dada à baixa popularidade dos membros da corte seria improvável se manterem nos cargos.

O ministro Marco Aurélio Mello, relator do processo, espera parecer favorável dos 11 ministros, exceto o de Celso de Melo, que deve se ausentar da votação virtual, devido um compromisso inadiável, estar repudiando uma ditadura imaginária em notas públicas, mas de caráter “estritamente pessoais”