Sem lugar no governo de Bolsonaro, Magno Malta anuncia gravação de novo CD

257

O Senador Magno Malta (PR) diz não sentir mágoa por não ter sido escolhido ministro de governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Magno, que perdeu a eleição a senado, tem a derrota atribuída à sua dedicação à campanha de Bolsonaro

Apesar de acreditar que seria escolhido ministro, Magno diz que nunca houve promessa de cargo e que objetivo sempre foi ajudar Bolsonaro a se tornar presidente.

Sem Cargo público, Magno pretende voltar a cantar, anunciou sua volta a Banda Malta e a gravação de um novo CD, que  já está em produção. “Criei a Banda Malta em 1998 e sai dela de coração partido em 2012, o Bruno Boncini segurou a barra de maneira magnifica enquanto esteve nela, mas agora com a saída de Luana Camarah do vocal, surgiu essa oportunidade de poder voltar”

A cantor já escolheu o nome do novo CD que será lançado em 2019 e se chamará “MALTrata meu coração”, mesmo nome de uma das faixas do projeto.

Confira algumas faixas oficialmente divulgadas pela banda:
1 – Tomei um tiro de MAGNum no peito
2 – Deu ruim
3 -Esfaqueou meu coração