Repórter que se passou por gay para investigar Heloisa Bolsonaro declara: Dei muito pelo personagem

1975

Em relato na revista Época desta sexta-feira (13), o repórter João Paulo Saconi conta como foi participar por um mês de sessões de coaching online com Heloísa Bolsonaro, esposa de Eduardo Bolsonaro.

Em uma tentativa de conseguir obter informações preciosas da nora do presidente, que é formada em psicologia, o repórter acabou assumindo sua sexualidade e saindo de vez do armário: “Dei tanto para conseguir interpretar o personagem que acabei gostando da coisa”.

Heloísa trabalha como coach pela internet, e começou a tratar do repórter sem saber que ele colhia informações para publicar no portal.