Questionado sobre origem de dinheiro encontrado pela PF, Aécio diz ser garoto propaganda da Coca

56

A PF colocou em ação hoje, como desdobramento da Operação Patmos, baseada na delação dos executivos da JBS, a busca e apreensão de documentos nos apartamentos de Aécio neves, afim de confirmar as suspeitas e acusações feitas pelos delatores.

Em determinado momento, os agentes encontraram uma mala com certa de 110 milhões de reais em dinheiro, quando questionado, Aécio se limitou a dizer que era dinheiro que havia ganho sendo garoto propaganda da Coca.

O senador não informou se a coca era a empresa Coca-Cola, ou a Cocaína, porém, investigações sobre o caso pelo Otarionista deram conta que Aécio nunca foi visto com nenhuma lata de Coca-cola em toda sua vida.