Papa faz declaração contra fofocas e Dilma retruca: “é um bichinho que não faz mal a ninguém”

94
Brazilian President Dilma Rousseff takes part in the meeting of the Economic and Social Development Council, at Planalto Palace, in Brasilia, on February 27, 2013. AFP PHOTO/Pedro LADEIRA

O papa Francisco pediu que cabeleireiros evitem fofocas durante o trabalho, em uma audiência realizada no Vaticano.

O fato repercutiu de diversas formas ao redor do mundo, inclusive no Brasil, onde a ex-presidente Dilma Roussef resolver se manifestar e deixar clara a sua posição.

“As vezes eu acho que o catolicismo passa dos limites, veja o caso do Papa agora sendo contra as fofocas, é um bichinho que não faz mal a ninguém, minha gente.” Declarou.

A CNBB, tradicional aliada do PT não emitiu nota sobre o caso até o momento, mas seguindo tendências anteriores, é possível que espere o caso ser esquecido