Operação Zap da PF, fecha escola de informática que treinava idosos para disseminar fake news pró-Bolsonaro

839

Agentes da PF realizaram uma megaoperação de combate à fake news na manhã desta terça-feira. Em um ano o grupo teria matriculado cerca de 4.500 idosos para um curso de noções básicas em informática, mas teria usado os idosos para disseminar boatos pró-Bolsonaro nas redes sociais, durante campanha eleitoral e após as eleições.

Batizada de Operação Zap, as vítimas dos golpistas eram pessoas acima de 60 anos, que nunca tiveram acesso a internet ou não sabiam como usar as redes sociais por meio de seus smartphones.

Ao todo, foram investigadas 11 escolas particulares, participaram da operação 25 policiais federais que cumpriram 35 mandados de busca e apreensão em escolas e residências de donos, diretores e funcionários.