Ladrão tentou furtar pertences e até quadros do Lula na casa de Battisti enquanto ele esteve foragido

345

A casa em que o italiano Cesare Battisti morou em Cananeia, no litoral sul de São Paulo, sofreu uma tentativa de furto em dezembro. Na época, Battisti, condenado por quatro assassinatos em seu país na década de 1970, ainda estava foragido.

O delegado titular da Polícia Civil de Cananeia, Ted Wilson de Andrade, afirmou que foi avisado sobre a tentativa de furto pelo responsável pelo imóvel. “O Ladrão não conseguiu pular o muro com os pertences e deixou na garagem a TV de 42″, charutos italianos e quadros do ex-presidente Lula da coleção de Battisti.”, disse o sindicalista Magno de Carvalho, amigo pessoal do italiano.