Jean Wyllys é acusado de assédio sexual por assoviar ‘fiu-fiu’ para deputados da Câmara

357

O Conselho de Ética da Câmara instaurou nesta terça-feira (8) processo disciplinar que pode levar à cassação do mandato do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ).

O deputado é acusado de assediar funcionários e deputados da Câmara, o processo foi aberto a partir de representações do PSL.

Ao final de uma sessão plenária, um correspondente do Otarionista tentou falar com Wyllys que não quis se manifestar sobre o caso.

O correspondente relatou ainda que ao chegar próximo a porta de saída ouviu um ‘fiu-fiu’, mas não conseguiu identificar de onde veio.