Homem é preso após se masturbar durante discurso de Paulo Guedes em Campos do Jordão

510

Um empresário paulista foi preso hoje em Campos do Jordão por atentado ao pudor por se masturbar durante discurso do ministro Paulo Guedes no evento LIDE, que reúne empresários para discutir o futuro empresarial do Brasil.

Durante o discurso do ministro, uma movimentação estranha chamou a atenção na plateia e apontado por outros empresários, João Luiz Cunha foi levado pela segurança do local e detido até a chegada da PM.

Em declaração o homem disse que foi impossível se controlar e que em suas palavras “O Paulo Guedes discursando é melhor que ver pornô”.