Folha de SP contrata Bebianno para redator-chefe de ataques a Bolsonaro

310

Logo após o Diário Oficial publicar a demissão de Gustavo Bebianno do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, o jornal Folha de São Paulo entrou em contato com assessores do ex-ministro para convidá-lo a ocupar o cargo de redator-chefe de ataques a Bolsonaro.

O Cargo que era ocupado pela jornalista Mônica Bergamo desde o inicio das eleições passadas, passa agora a ser comandando por Bebianno, que aceitou prontamente o convite assim que soube por meio de seus assessores.

Bebianno promete não só atacar o presidente, mas também seus familiares, principalmente o filho vereador, Carlos Bolsonaro, que divulgou áudio do pai para dizer que o ex-ministro mentiu.