Farra das passagens: Ministro do STF enviou pet para banho e tosa em SP

773

O STF terá de tornar públicos quanto gastou nos últimos anos com todos esses bilhetes aéreos emitidos, até para viagens internacionais de cônjuges de ministros em primeira classe.

Em análise efetuada pelo TCU, consta até o envio de um cachorro de um dos ministros para um banho e tosa na capital paulista.

As cotas de passagens e diárias do STF são inadequadas, na avaliação dos técnicos, pois na origem foram criadas desvinculadas do interesse do serviço.