Ex-presidente dos Correios soube hoje de demissão: “Carta demorou para chegar”

1439

Quatro dias depois de ter sua demissão anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro num café da manhã com jornalistas, o presidente dos Correios, Juarez de Paula Cunha continuou trabalhando normalmente por não ter recebido nenhum comunicado ou ver a dispensa publicada no Diário Oficial da União.

“Recebi hoje a carta com o comunicado oficial sobre minha dispensa, pensei até que o presidente havia desistido da ideia”, disse.

Bolsonaro confiou na “eficiência” dos Correios para o envio da carta e assim comprovar que a gestão de Cunha deixou a desejar.