Enfraquecida por governos de esquerda, reunião dos mais poderosos passa a se chamar Moto G7

1216

A reunião dos 7 países mais poderosos do mundo, o G7, sofreu uma alteração na sua identidade durante as reuniões que vem acontecendo em Biarritz na França.

Apesar de Donald Trump, presidentes como Emmanuel Macron e Angela Merkel, enfraqueecram o grupo significativamente no cenário político e por questões de performance e baixa qualidade no debate, fatos que corroboraram para alteração do nome para Moto G7.

A novo nome foi decidido às pressas e já vem sendo usado durante o evento.

Ainda há possibilidade de volta ao nome antigo em reuniões posteriores.