Dilma é hostilizada em Madrid e declara: “A França não é a mesma depois de Bolsonaro”

  • 1.7K
    Shares
Curta nossa página no facebook e fique por dentro de tudo:

Hostilizada no aeroporto de Madri, Dilma Rousseff teve que ouvir gritos de “bandida” vindo de brasileiros que se encontravam no local, os gritos continuaram até que a polícia espanhola chegasse ao local.

Assim que os ânimos se acalmaram, a ex-presidente foi ao Twitter desabafar com seus seguidores:

Acabo de ser hostilizada no aeroporto de Madrid, fico sentida porque a França não tinha essa cultura até a eleição de Jair Bolsonaro no Brasil.

Apesar de atacar diretamente o presidente brasileiro, não houve resposta por parte do palácio do Planalto.