Defesa de Adélio Bispo baseia alegação de problemas mentais à filiação com o PSOL

298

A defesa de Adélio Bispo, que esfaqueou Jair Bolsonaro durante ato de campanha no final do ano passado deu mais um passo importante no caso.

A intenção dos advogados, nesse momento, é alegar que Adélio, além de ter agido sozinho, tem sérios problemas mentais, a base para a alegação seria a sua filiação ao PSOL o que facilitaria o aceite da defesa pelo juiz do caso.

O time de advogados de Adélio deve apresentar o argumento até o final da semana.