Crise na vida sexual de Gleisi motivou viagem para a DitaDura de maduro

70

Gleisi Hoffmann causou desconforto diplomatico nos últimos dias, quando, contrariando o não reconhecimento do Brasil à legitimidade do governo Maduro, resolveu representar o país na posse.

A dita dura de Maduro vigora por anos sem dar sinais de queda, além de firme e longa, ela agiu com rigidez contra todos que tentaram derrubá-la, até hoje, sem sucesso, fato esse que chamou a atenção de Gleisi.

Fontes ligadas à família de Gleisi dão conta de que o casamento da Senadora não vai bem e que a viagem para Caracas foi uma forma de dar um ânimo novo para a vida sexual da mesma.

Gleisi disse que precisava ver e sentir a ditadura de Maduro pra sentir viva novamente – disse a fonte

Ao voltar da Venezuela, a sensenadora afirmou que a ditadura de Maduro, perto da que Bolsonaro quer implantar no Brasil, é pequena.

Maduro respondeu em nota dizendo que a Senadora que é larga.