Com recorde de desempregados, Venezuela lança a menor carteira de trabalho do mundo

370

A Venezuela enfrenta a maior crise da sua história, além da crise política e econômica, o país sofre também uma crise social com uma média de 36% de desempregados esperada até 2022.

Com essa visão, o presidente Nicolás Maduro deu um passo a frente e lançou hoje (24), ainda que em meio a conflito entre seus apoiadores e opositores, a menor carteira de trabalho do mundo.

A nova carteira que tem dimensões de 3 cm por 2 cm é a menor já registrada na história e entra em vigor imediatamente. Em seu pronunciamento, Maduro justifica a escolha:

O povo não tem trabalho, as empresas estão falidas, não faz mais sentido uma carteira de trabalho grande se não tem o que escrever nela.

A ideia não foi bem recebida pelo povo venezuelano, que permanece nas ruas contra o regime ditatorial de Maduro.