Caixa 2 de Bolsonaro foi revertido em pão e leite condensado, aponta mercado local

430

Após o jornal Folha de São Paulo acusar a campanha de Jair Bolsonaro de Caixa 2, o mercado próximo ao seu condomínio no Rio de Janeiro saiu em defesa do presidente.

O proprietário do mercado Orla-Rio, frequentado pelo presidente, ao saber da notícia pela TV apontou que a quantia de R$ 350 mil reais, supostamente desviadas pelo PSL foram gastos em pães e latas de leite condensado, conforme apresentação de notas para o jornal da Record.

As notas das compras foram apresentadas ao MP-RJ, onde serão enviadas para o MPF e para a Polícia Federal para apuração posterior.