Burguer King fecha filiais após série de lacres e começa vender lanches em semáforos

977

A rede de fast-food, Burguer King, anunciou na manhã de ontem (21), o fechamento de várias filiais no Brasil, isso decorrente da fracassada ideia de lançar uma crítica pelas redes sociais ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que vetou comercial do Banco do Brasil no dia 3 de maio.

Na ocasião, o público não gostou da postura da rede e decidiu promover uma campanha de boicote à lanchonete, lançando a hashtag: #BoicoteBurgerKing, que foi um dos assuntos mais comentados entre os brasileiros pelo Twitter.

Após maré ruim, a empresa lança uma iniciativa que busca resgatar parte do público perdido. A venda de lanches em semáforos teve início ontem em São Paulo e parece ter agradado os motoristas paulistas, a novidade será lançada ainda essa semana em outras cidades do Brasil.