Boulos critica projeto de lei sobre educação domiciliar e se diz a favor da ocupação domiciliar

304

Guilherme Boulos (PSOL), criticou o projeto de educação domiciliar proposto pelo governo de Jair Bolsonaro, dizendo que surtirá efeito apenas nas classes mais altas do país.

Boulos disse ainda que a ação é uma copia descarada do projeto proposto por ele durante as eleições, o “Ocupação Domiciliar”, que visa capacitar pessoas desempregadas para que possam trabalhar em suas residências.

“Minha ideia era invadir as casas com profissionais de vários segmentos, afim de preparar o desempregado para exercer alguma função em sua própria casa”, disse o candidato derrotado a presidência da república.