Bolsonaro pede canhões no desfile da posse, mas Gleise e Dilma recusam o convite

511

O presidente eleito Jair Bolsonaro já começa a pensar no desfile da sua posse como presidente da república e devido a tradição militar do capitão, já começamos a notar isso ditando os tons do evento.

Fontes ligadas ao governo disseram que além de Jeeps e tanques, Bolsonaro planejava incluir canhões no desfile, mas que ao serem informadas, Dilma Roussef e Gleise Hoffman, ambas do PT, negaram o convite.

Não existia um plano B em caso de recusa, a organização do evento segue mobilizada.