Apos unção de Bispo Edir Macedo, Bolsonaro se diz limpo: “Jurava que tinha uns 350 reais na carteira”

1314

O presidente Jair Bolsonaro foi ungido neste domingo (1), pelo bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, em culto evangélico ocorrido no Templo de Salomão, no Brás, região central de São Paulo. O evento começou por volta das 9h30 e, às 10h10, Macedo chamou Bolsonaro ao altar, para fazer uma oração pelo presidente. O bispo pediu também aos milhares de fiéis presentes que orassem juntos.

Após a benção recebida pelo bispo, Bolsonaro revelou se sentir mais purificado: “Jurava que tinha uns 350 reais na carteira, alguém viu meu celular?”.

O bispo afirmou que “Deus escolheu Bolsonaro para liderar 210 milhões de brasileiros”. Pôs as duas mãos sobre a cabeça do presidente, com o óleo para a unção, e, enquanto uma música triunfal subia e milhares de pessoas sussurravam em orações, afirmou: “uso de toda a autoridade que me foi concedida por Deus para abençoar este homem, para lhe dar sabedoria, para que este país seja transformado, que faça um novo Brasil”.