Ainda internado, Bolsonaro fez live com tomara-que-caia visando apoio da comunidade LGBT

79

Jair Bolsonaro continua internado, agora fora de qualquer perigo relacionado à cirurgia ou a pneumonia que ele desenvolveu na UTI do Hospital Albert Einstein.

Bolsonaro continua trabalhando, ainda que do seu quarto, depois de conseguir apoio da maioria na câmara e no senado, com grandes vitórias de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre o presidente visou agora a comunidade LGBT, cuja representatividade vem sendo cada vez menor com o sumiço de figuras como Jean Wyllys.

Em live transmitida diretamente do seu quarto, o presidente apareceu com a versão tomara-que-caia dos trajes para pacientes do hospital e conseguiu com sucesso o apoio da comunidade LGBT que nos comentários enviaram palavras de apoio como “lacrou”, “pisa menos, presidente”, “amay” e “Ahazou”.

A esquerda já planeja uma live com Lula ou Ciro Gomes completamente travestidos para tentar recuperar o apoio perdido